Minha Professora e a Dança da Floresta de Bambu

In Asia, China, Não categorizado by hufanLeave a Comment

Recentemente eu e o minha professora de a língua chinesa, Majing (吗静) têm falado sobre nossa afinidade pela dança e tenhamos planejamento algum tempo extra para aprender um pouco de ritmo latino e sobre alguns dança chinês.
Majing é muito talentosa, ela não é apenas uma profissional no ensino da língua chinesa, mas também tem muita habilidade quando se trata de mover o corpo ao ritmo da música.
Ela me disse que ela começou a dançar quando era uma criança de escola primária, ele gostava de participar em programas e eventos que incluem dança, especialmente a música latina e dança de salão. Então com 16 anos, seu interesse levou-à aprender os passos básicos de ritmos latinos. Depois se matriculou em uma famosa escola de artes marciais em Dengfeng e por meio ano aprendeu Tai ji e algumas danças tradicionais da China.
Alguns anos atrás ela tive a oportunidade de ensinar a língua chinesa no Nepal; Enquanto estava lá, participo em alguns eventos da escola onde ensinou as meninas a dançar diferentes ritmos chineses; e aproveitando o ano 60 aniversário da fundada da República Popular da China, escolheu uma dança que se assemelha um pouco as danças típicas da Índia cujas raízes estão bem acentuados no Nepal. Na verdade, a música é muito diferente, mas na dança, existem alguns movimentos de quadril e braços que são semelhantes às danças Hindus, que facilitou o aprendizado das alunas e a aceitação e apreciação do público.
No vídeo abaixo eu quero lhes apresentar a Majing dançando Zhulin Manwu (竹林曼舞) que significa Dança na Foresta de Bambu. É uma dança de etnia Dai, muito popular na província de Yunnan e qual Majing aprendeu auto-didata somente guiada por um vídeo. Além disso, quero dizer  que a dançarina mais famosa desta dança na China é Yang Liping. É uma mulher de cerca de 55 anos de idade mas parece de 40! Se diz que para manter seu corpo magro e esguio, decidiu não ter filhos em sua vida!
Agora o vídeo!

There are no comments

Join the conversation

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  
Please enter an e-mail address